quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

A salsa

 
A salsa é utilizada na cozinha e para fins medicinais, Por um lado é um aperitivo para o estômago, por outro é desintoxicante e purificante do sangue, do aparelho digestivo e das vias urinárias. Diurética, é recomendada para quem tem ácido úrico e reumatismo.

Essa "ervinha" é também muito rica em vitamina A, B1, B2, C, D, ferro e magnésio. E por isso tem propriedades várias a não desprezar. Para além disso estimula o apetite e combate as putrefacções intestinais. Diurética, limpa o sangue.
Todavia é bom não abusar dela. Consumida em quantidades excessivas, tem efeitos secundários: excitação, irritação do estômago, diminuição brusca da tensão arterial, etc..

A salsa é um estimulante geral e nervoso, é anti-anémica, anti-raquítica. anti-escorbútica e contra o ardor e vermelhidão dos olhos.

É também recomendada como regenerador capilar.

É boa para comer crua, com qualquer alimento. Mas cuidado com os abusos, repetimos.

Há quem a use também para tratamentos de feridas, contusões e picadas de insectos.

Não se aconselha o consumo de salsa durante a gravidez, pois a salsa é pode provocar o aborto. No entanto, após o parto, estimula a lactação e contrai o útero. Combate infecções urinárias e dores diversas.
In O Amigo do Povo

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.