sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

DOIS ÂNGULOS

Esta questão das nomeações, que infecta o espaço mediático e está a empestar a convivência cívica, tem dois ângulos de análise.
Parece que, quanto à legalidade, nada haverá a apontar.
O problema passa-se na ética. Uns dizem que não é curial prejudicar as pessoas só por serem da área do Governo.
Muitos, porém, inquietam-se ao saber que, no meio de tantas nomeações, só aparecem pessoas da área dos partidos do Governo.
Compreendo o senhor Primeiro-Ministro. Mas, ao contrário dele, não me sinto «confortado nem confortável»!
Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário