quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Abandono escolar

Malta tem a maior taxa de abandono escolar (36.9%),
seguida de Portugal (28,7%) e Espanha (28,4%)
A União Europeia arrisca falhar o objectivo de baixar para 10% a taxa de abandono escolar precoce, até 2020, sendo Malta, Portugal e Espanha os países que apresentam as piores taxas.

Um relatório divulgado há dias em Bruxelas mostra que, segundo dados de 2010, Malta tem a maior taxa de abandono escolar (36.9%), seguida de Portugal (28,7%) e Espanha (28,4%).
O relatório constata, no entanto que Portugal e Espanha melhoraram a taxa de abandono escolar precoce, em relação a 2009 (31.2% em ambos os países), enquanto em Malta se manteve inalterada.

A média dos 27 Estados-membros era, há dois anos, de 14,1%, tendo baixado 0,3 pontos percentuais em relação a 2009.
Bruxelas destaca que, a manter-se a tendência verificada, o objectivo traçado de baixar a taxa de abandono escolar precoce para os 10% na média da UE até 2020 não será alcançado.
Por outro lado, o bloco europeu não deverá também conseguir cumprir a meta de ter 40% de licenciados na população entre os 30 e os 34 anos de idade.
O relatório destaca que sete estados-membros, incluindo Portugal, têm resultados abaixo dos 25%, enquanto a média europeia se situa nos 33,6%.

Fonte: aqui


Sem comentários:

Enviar um comentário