quarta-feira, 27 de junho de 2012

O FUTEBOL É IMPORTANTE, MAS NÃO É TUDO

É natural (e saudável) que o país anseie por uma vitória no futebol.
E é impressionante ver como o futebol consegue excitar o patriotismo, aquém e além-fronteiras. Também é verdade que o futebol deve ser das poucas actividades em que Portugal consegue ombrear com os melhores da Europa e do Mundo.
De facto, num país que ocupa os lugares de baixo em quase todos os índices de qualidade, é estimulante registar esta excepção.
A ilação a retirar é que, se no futebol é possível chegar longe, no resto não há-de ser impossível atingir o máximo.
Importa, porém, que o patriotismo não se exercite apenas no futebol.
Há muitos outros domínios onde os portugueses merecem ser destacados. O problema está na extrema visibilidade do futebol e na excessiva opacidade do resto.
É por isso que, apesar das compreensíveis expectativas deste dia, temos de perceber que o futebol é importante, mas não é tudo.
E tal como os jogos de sentido único não são galvanizantes, também as notícias com tema (quase) único deixam de ser motivadoras.
O país pode parar por causa do futebol. Mas a crise não estaciona à porta de um estádio.
Uma vitória pode ajudar a levantar o ânimo. Mas é o (discreto) trabalho de cada dia que há-de reerguer o país.
Assim o cremos. Assim o esperamos!
Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.