terça-feira, 30 de julho de 2013

Casamentos de uma vida inteira. Ou mais.


Há dias, um jornal dizia que tinha surgido em Portugal um sítio eletrónico para os casados cometerem infidelidades. E já levava não sei quantas mil inscrições. Julgo que trinta mil. Na "2", do "Público" de domingo surgiu entretanto uma das mais belas capas dos últimos tempos.
Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.