quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Arabia Saudita: boca e olho cosidos por a jovem ser cristã

 
Uma empregada em Palmelkh, na Arábia Saudita, foi torturada por ter reivindicado a sua fé em Jesus Cristo.
Por tal facto, coseram-lhe a sangue frio as pálpebras do seu olho esquerdo e os seus lábios.
Trata-se de mais um crime que a comunidade internecional tem medo de denunciar.
 
Segundo o site arabexpress.com, a jovem limitou-se a dizer diante dos seus colegas:
"Jesus Cristo, que a paz esteja contigo, és o meu Salvador".
 
De imediato os seus colegas denunciaram-na à hierarquia que, como punição, decidiram coser a sangue
frio as pálpebras do seu olho esquerdo e os seus lábios, para que não pudesse exprimir a sua fé em
Jesus Cristo.
Foi um tratamento inumano e abominável, agravado com o facto de os meios de comunicação internacional
silenciarem mais um caso, a fim de não "perturbarem" os "amigos" da Arábia Saudita.
Nesta Europa cobarde e de cócoras perante os muçulmanos, aceita-se e proclama-se a liberdade religiosa para
TODOS e autoriza-se a construção de mesquitas pagas com dinheiro de países muçulmanos, que SÓ consentem
a liberdade religiosa para os seguidores do Islão.
  
Para contrapor o silêncio dos media, divulga esta foto e a sua explicação.
    
 Li aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.