sexta-feira, 17 de abril de 2015

Itália detém imigrantes ilegais acusados de lançar cristãos borda fora


Os 15 imigrantes ilegais detidos pelas autoridades italianas são acusados de terem lançado ao Mediterrâneo uma dúzia de cristãos que estavam no mesmo barco.
As autoridades italianas prenderam 15 imigrantes ilegais que chegaram recentemente à costa depois de terem atravessado o Mediterrâneo. Os detidos, todos muçulmanos, são acusados de terem lançado 12 cristãos para fora do navio que os transportava.

O crime terá ocorrido depois de uma discussão inter-religiosa e presume-se que os 12 cristãos se tenham afogado.

A denúncia foi feita por vários dos imigrantes sobreviventes que chegaram no mesmo barco.

Os imigrantes cristãos que foram alegadamente assassinados serão de nacionalidade ganesa e queniana, mas a BBC, que dá grande destaque à notícia no seu site, não indica a nacionalidade dos supostos homicidas.

Mais 41 mortos esta quinta-feiraOs imigrantes ilegais continuam a chegar à costa italiana, ao ritmo de cerca de mil por dia, em várias embarcações, oriundas principalmente da Líbia.

As condições são muito más e os acidentes frequentes. Esta quinta-feira há notícia da morte de mais 41 imigrantes que se terão afogado quando e embarcação em que viajavam afundou.
Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.