segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Vaticano prende padre e leiga suspeitos de divulgarem documentos confidenciais

O Vaticano prendeu este fim-de-semana dois membros da comissão que o Papa Francisco montou para estudar reformas na igreja. São suspeitos de terem enviado a jornalistas documentos confidenciais .
O padre espanhol Lucio Angel Vallejo Balda e a leiga Francesca Chaouqui foram presos no fim-de-semana, informa a Santa Sé em comunicado. Chaouqui foi libertada esta segunda-feira depois de a leiga ter concordado em cooperar com a investigação.
As detenções acontecem poucos dias antes de dois escritores italianos lançarem livros que, segundo as editoras, vão revelar novas provas de escândalos no Vaticano, lembra a Reuters.
Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.