terça-feira, 21 de junho de 2016

Jacarés matam oito pessoas numa única aldeia angolana


Os ataques ocorreram na margem do rio Cunene e estão a preocupar as autoridades. Gado e cães também estão a ser atacados
Ataques de jacarés causaram a morte de oito pessoas na comuna do Mulondo, município da Matala, província angolana da Huíla, apenas nos cinco primeiros meses deste ano, anunciou hoje a administração local.
Os ataques, que ocorreram na margem do rio Cunene, de janeiro a maio, estão a preocupar as autoridades, segundo o administrador comunal da aldeia do Mulondo, Zeca Mupinga, salientando que têm sido também atacados gado e cães que vão ao rio à procura de água.
O responsável disse que as autoridades administrativas e tradicionais têm sensibilizado a população ribeirinha sobre os cuidados que devem ter.
"A ausência de cautela por parte da nossa população tem contribuído para o aumento de casos, pois nos locais onde os jacarés atacam constantemente pessoas, nós colocamos sinais de chamada de atenção, mas as pessoas não obedecem aos alertas", disse Zeca Mupinga, citado pela agência noticiosa angolana, Angop.
Fonte: aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.