quarta-feira, 30 de novembro de 2016

O dia 1 de Dezembro é feriado nacional, porque se comemora o dia da Restauração da Independência Portuguesa

Aclamação de D. João IV como rei de Portugal

Tudo começou em finais do século XVI, com a subida ao trono de D. Sebastião, que em 1578, desapareceu  na batalha de Alcácer Quibir, sem deixar herdeiro para ocupar o trono.

Subiu ao trono o seu tio-avô, o Cardeal D. Henrique, que apenas governou dois anos e em 1580, Filipe II de Espanha foi dentre os pretendentes ao trono, netos de D. Manuel I, o escolhido para rei de Portugal.

Durante 60 anos, viveu-se em Portugal, um período que ficou conhecido na História como «domínio Filipino». Depois do reinado de Filipe I (II de Espanha), veio a governação de Filipe II e Filipe III, que governavam os dois países (Portugal e Espanha), como se fossem um só.

Descontentes, os nobres portugueses (muito embora toda a sociedade se revoltasse contra o jugo espanhol com revoltas e motins que sucediam por todo o país) preparam uma revolta que levam a cabo com sucesso no dia 1 de Dezembro de 1640. Com um golpe palaciano prendem a regente, a duquesa de Mântua e matam Miguel de Vasconcelos que atiram pela janela.

Aclamam o duque de Bragança que sobe ao trono como D. João IV, a 15 de Dezembro.

Termina desta forma 60 anos de domínio espanhol e Portugal recupera a sua independência.
(Aqui)




Sem comentários:

Enviar um comentário