sexta-feira, 29 de junho de 2012

O amendoim


O amendoim possui elevada quantidade de calorias, cerca de 596 em cada 100g de sementes, praticamente mais do que qualquer outro alimento, com excepção das nozes, gorduras e óleos. É um produto de boa digestibilidade, existindo pouca diferença entre o alimento cru e o submetido a qualquer outro processo de tratamento.
Entre os principais produtos derivados do amendoim, destaca-se o óleo, a vitamina E em elevada taxa e as vitaminas B1 e B2 em quantidades consideráveis.
O óleo de amendoim é insaturado, isto é, favorece o bom colesterol, e é altamente digestível sendo, por isso, recomendado às pessoas portadoras de moléstias do aparelho digestivo. O amendoim nunca foi visto como uma comida que beneficie a saúde, porém um estudo conduzido pela Universidade da Flórida acaba de desmentir essa concepção. Os cientistas estudaram a quantidade de antioxidantes, que protegem as células contra danos que podem ocasionar cancro e doença cardíaca, de 12 variedades diferentes de amendoim. O que eles descobriram foi que o amendoim tem uma quantidade de antioxidantes tão grande quanto a maioria das frutas, como por exemplo o morango.
Para além disso, o amendoim fornece energia ao corpo, para além das vitaminas já referidas e de minerais, como o zinco.
Fonte: aqui

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Mais uma mãe heroina

No passado dia 16 de Junho, foi celebrado em Roma o funeral de uma jovem italiana –
– Chiara Petrillo – , falecida depois de dois anos de sofrimento provocado por um tumor. Mas a cerimónia não teve nada de fúnebre: foi uma grande festa em que participaram cerca de mil pessoas, enchendo a igreja e o adro, cantando e aplaudindo desde a entrada do caixão até à saída.
Esta corajosa jovem romana de 28 anos, com o sorriso sempre nos lábios, morreu porque escolheu adiar o tratamento que podia salvá-la. Ela preferiu salvar a gravidez de Francisco, um menino desejado desde o começo de seu casamento com Enrico.

Não era a primeira gravidez de Chiara. As duas anteriores acabaram com a morte dos bebés logo após cada parto, devido a graves malformações.
Chiara e seu marido Enrico nunca desanimaram. Depois de algum tempo, Chiara engravidou. As ecografias agora confirmavam a boa saúde do menino, mas, no quinto mês, Chiara foi alertada para uma grave lesão na língua: era um carcinoma. Era preciso fazer os tratamentos. E a gravidez corria perigo...
Chiara defendeu o filho sem hesitar, sabendo que corria um sério risco de vida. Foi-lhe dito que devia fazer os tratamentos. Que a doutrina da Igreja não tem nada contra uma mulher pôr em risco a vida que nela se está a gerar por causa de tratamentos que lhe são necessários. Mas Chiara não queria prejudicar o filho que trazia no ventre e adiou a quimioterapia.
Francisco nasceu sadio no dia 30 de maio de 2011. Mas Chiara, não conseguiu resistir por mais de um ano.
"Coitado do filho que ficou sem mãe!" – dirão alguns. Outros pensarão: "Que grande Mulher, que não se importou de se sujeitar à morte para salvar o filho!»
Para quem não tem Fé, casos como este são verdadeira loucura. Mas se Chiara perdeu a vida terrena, ganhou a vida eterna. E deixou para todos um testemunho do verdadeiro amor de mãe, que é capaz de dar a vida pelo filho. E o Francisco ser-lhe-á eternamente agradecido, tenho a certeza.
Fonte: aqui

quarta-feira, 27 de junho de 2012

O FUTEBOL É IMPORTANTE, MAS NÃO É TUDO

É natural (e saudável) que o país anseie por uma vitória no futebol.
E é impressionante ver como o futebol consegue excitar o patriotismo, aquém e além-fronteiras. Também é verdade que o futebol deve ser das poucas actividades em que Portugal consegue ombrear com os melhores da Europa e do Mundo.
De facto, num país que ocupa os lugares de baixo em quase todos os índices de qualidade, é estimulante registar esta excepção.
A ilação a retirar é que, se no futebol é possível chegar longe, no resto não há-de ser impossível atingir o máximo.
Importa, porém, que o patriotismo não se exercite apenas no futebol.
Há muitos outros domínios onde os portugueses merecem ser destacados. O problema está na extrema visibilidade do futebol e na excessiva opacidade do resto.
É por isso que, apesar das compreensíveis expectativas deste dia, temos de perceber que o futebol é importante, mas não é tudo.
E tal como os jogos de sentido único não são galvanizantes, também as notícias com tema (quase) único deixam de ser motivadoras.
O país pode parar por causa do futebol. Mas a crise não estaciona à porta de um estádio.
Uma vitória pode ajudar a levantar o ânimo. Mas é o (discreto) trabalho de cada dia que há-de reerguer o país.
Assim o cremos. Assim o esperamos!
Fonte: aqui

terça-feira, 26 de junho de 2012

"Margarina "

Coisas...que alguém nos devia ter dito...!

A margarina foi originalmente fabricada para engordar perús.

Mas quando os perús começaram a morrer por causa dela, as pessoas que
tinham investido na sua pesquisa começaram a procurar uma utilização
alternativa que lhes permitisse, no minimo, recuperar o investimento.
Foi nessa altura que alguém se lembrou de juntar um corante amarelo aquela que era até aí uma substância branca, tornando-a mais
apetecivel para consumo humano,
apresentando-a no mercado como um
substituto da manteiga.

Mas será que você sabe qual é realmente a diferença entre a margarina
e a manteiga ?
Vejamos:

- Ambas têm a mesma quantidade de calorias.

- A manteiga tem um pouco mais de gorduras saturadas ( 8 gramas contra
5 gramas da margarina ).

- De acordo com um estudo da Harvard Medical, comer margarina pode
aumentar em
53% as doenças cardíacas em mulheres, relativamente
aquelas que comem a mesma quantidade de manteiga.
Manteiga:

- aumenta a absorção de nutrientes presentes em outros alimentos.
- traz mais benefícios nutricionais do que a margarina ( e os que a
margarina tem, foram adicionados artificialmente! )
- é mais saborosa que a margarina e pode melhorar o sabor de outros alimentos.
- existe há séculos e a margarina há menos de 100 anos.
Margarina :
- Triplica risco de doença cardíaca coronária ...
- Aumenta o colesterol total e o LDL (este é o colesterol ruim) e
diminui o colesterol HDL (o colesterol bom)
- Aumenta o risco de cancro em 500%
- Reduz a qualidade do leite materno
- Diminui a resposta imunológica.
- Diminui a resposta à insulina.
E finalmente a parte mais interessante e perturbadora:
A margarina está a uma molécula de ser... plástico.

E possui 27 ingredientes que existem na... tinta de pintar.

Se não está convencido faça a seguinte experiência:

Abra uma embalagem de margarina e deixe-a aberta num local à sombra
durante alguns dias.
Vai poder constatar algumas coisas muito
interessantes:

1º - Não há moscas! (
isso deve querer dizer alguma coisa
! ! ! )

2º -
A margarina não mostra sinais de apodrecimento, decomposição ou
alteração no cheiro.
3º - Não tem bolor.
Nada se desenvolve ou cresce nela.
Ou seja,
nem as moscas nem os mais pequenos microrganismos se
interessam por aquilo.
Não há ali nada de bom.

Porquê ?
Bom, é porque a margarina é quase plástico.

A questão agora é:

- Será que vai continuar a barrar as suas tostas com "
plástico " derretido ?
Se sim, lembre-se que, quando lhe acabar a margarina, pode obter
praticamente o mesmo efeito derretendo um Tupperware...
e até tem mais côres......... à escolha.
(enviado por email)

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Ácido fólico

Também conhecido por vitamina B9, o ácido fólico tem papel relevante na gravidez, além de ser eficiente no combate à anemia e às doenças cardiovasculares. Descoberto na década de 40 na folha do espinafre, o ácido fólico não despertou interesse científico até os anos 70.
Apenas nesta década ganhou o papel de protagonista graças às numerosas investigações que demonstraram a sua capacidade de intervenção em numerosos processos metabólicos e psíquicos. Até então, seu efeito mais conhecido era, junto com a vitamina B12, na renovação dos glóbulos vermelhos do sangue. É por isso que sua falta está relacionada com a anemia.
Um suplemento de ácido fólico pode também melhorar substancialmente a função cognitiva em adultos, segundo artigo publicado pela revista médica "The Lancet". A função cognitiva se deteriora com a idade, especialmente no que toca à velocidade de processamento da informação e à memória.
Estudos anteriores haviam sugerido que baixas concentrações de folato (ácido fólico) e elevadas concentrações de homocisteína no sangue são grandes factores de risco associados a uma actividade cognitiva pobre.
O ácido fólico está presente nas hortaliças verdes (espinafre, couve, couve flor);cogumelos; nos ovos, frangos, queijos, além de outros vegetais como cenoura, ervilhas, batata e germe de trigo além de levedura de cerveja.

Fonte: aqui

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Professor nervoso

video

Sim, a lei não o permite. E muitos dirão que não é assim que se educa. Não sou adepto de violências.
Mas também há quem afirme que uma correcção certa  na hora própria e no aluno certo é demais eficaz....

Vaticano investiga vídeo de bispo com empresária



Um bispo argentino, presidente da Cáritas para a América Latina, está a ser investigado pela Santa Sé depois de terem sido divulgadas imagens suas em atitude carinhosa com uma mulher, durante umas férias à beira-mar no México. O sacerdote diz tratar-se de uma amiga de infância.
  O Vaticano abriu uma investigação para apurar o que se passou e tomar medidas contra o bispo Fernando Maria Bargalló, 59 anos, depois de terem sido divulgadas estas imagens em que aparece abraçado a uma mulher dentro de água.
O vídeo foi divulgado em vários meios de comunicação argentinos e remonta a janeiro de 2011, segundo o diário espanhol El Pais.

O sacerdote já reconheceu ao canal de televisão A24 a "imprudência" do seu comportamento e a "ambiguidade" do vídeo, mas garante tratar-se uma amiga de uma infância.

A polémica em torno das atitudes carinhosas do bispo para com a mulher, uma empresário gastronómica dona de vários restaurantes em Buenos Aires, segundo o "La Nación", levantou outra questão: quem pagou a estadia do bispo no complexo turístico de luxo em Puerto Vallarta.

As consequências da divulgação das imagens, feitas chegar ao Vaticano pelo núncio apostólico Emil Paul Tschering, podem ir até à obrigação de renúncia ao cargo.
Fonte: aqui

terça-feira, 19 de junho de 2012

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Procissão de N. S. do Rocio - Andaluzia

video

Que trazes nessa maleta?

video

Bebé de seis meses diverte-se com chimpanzé

Um bebé de seis meses a interagir com um chimpanzé é um dos mais recentes êxitos do You Tube.
Divulgado no início da semana, o vídeo foi filmado no Jardim Zoológico de Sedgwick, em Wichita (EUA), e, apesar de separados por um vidro, o bebé e símio passam mais de três minutos numa cena de notória boa disposição.

video
Fonte: aqui

sábado, 16 de junho de 2012

Equilibrista atravessa cataratas do Niágara em cima de uma corda

O equilibrista norte-americano Nik Wallenda concluiu com sucesso na noite desta sexta-feira a travessia das Cataratas do Niágara sobre uma corda bamba, tornando-se no primeiro a conseguir o feito. Veja o vídeo.



Nik Wallenda, de 33 anos e sétima geração de uma família de artistas de circo, partiu do lado norte-americano das cataratas e chegou ao lado canadiano cerca das 22.40 horas locais (3.20 horas em Portugal Continental), tendo percorrido sobre uma corda bamba cerca de 550 metros acima da queda de água mais potente da América do Norte.

O equilibrista concluiu a travessia em cerca de 30 minutos face aos 40 que calculava inicialmente necessitar e usou uma corda de segurança pela primeira vez na sua carreira, uma imposição do seu principal patrocinador, a cadeia de televisão ABC.

Milhares de pessoas assistiram no local ao feito, que contou ainda com transmissão televisiva em direto.

Wallenda pensa já no próximo desafio: atravessar o Grand Canyon, uma prova para a qual diz já ter autorização e que abrange um percurso três vezes maior do que as Cataratas do Niágara.
Fonte: aqui

Ir ao supermercado sem roupa para ter desconto

Várias dezenas de alemães e dinamarqueses não hesitaram em tirar as roupas para poder ter acesso ao desconto que era prometido aos primeiros clientes de um novo supermercado no norte da Alemanha que chegassem nus. Quando as portas se abriram às 10.00 locais (9.00 em Lisboa), cem nudistas invadiram os corredores do supermercado da localidade de Süderlügum, na fronteira entre a Alemanha e a Dinamarca, explicou à AFP um funcionário da polícia de Leck.
O supermercado tinha prometido oferecer vales de desconto de 270 euros para os primeiros cem clientes que aparecessem nus. Estes encheram os seus carrinhos de comida e bebida, sob o olhar de 250 pessoas.
"Decorreu tudo sem problemas", explicou a polícia, que não procedeu a nenhuma detenção, visto não ter havido qualquer perturbação a ordem pública ou problemas de cariz sexual. "O supermercado tinha antes garantido que tudo iria correr bem, mobilizando até um importante escritório de advogados", acrescentou.
O primeiro cliente que conseguiu o desconto terá passado a noite numa tenda à porta do supermercado. Os responsáveis não esperavam ter tanta adesão "Nunca pensei que viessem cem, talvez dez", explicou ao jornal 'Die Welt'. De facto, havia muitos mais dispostos a tirar as roupas, mas o desconto era apenas para os primeiros cem.
A maioria dos clientes eram dinamarqueses, que atravessam a fronteira para comprar álcool e outras bebidas mais baratas.
Fonte: aqui

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Nova lei do álcool

As alterações à lei do álcool devem já entrar em vigor a partir do verão, anunciou o secretário de Estado da Saúde, Leal da Costa, no programa da "Nome da Lei" da Rádio Renascença. Segundo o governante, o consumo de álcool em locais públicos, até agora proibido até aos 16 anos, passará a ser interditado a todos os menores de idade, ou seja, até aos 18 anos.
A nova lei vai proibir também a venda de bebidas alcoólicas nas lojas de conveniência e nos postos de combustíveis, entre a meia-noite e as 8h.
Leal da Costa explicou ainda que estão sobre a mesa alterações ao Código da Publicidade, nomeadamente a limitação de anúncios a álcool nos cinemas em determinados horários, tal como já acontece na televisão.
Além disso, o Governo quer reduzir os produtos que podem ser vendidas nas lojas de drogas supostamente legais.
A taxa de alcoolemia dos menores de 25 anos será também alterada para 0,2 gramas de álcool por litro de sangue.
Em 2010, um estudo da Deco revelou que mais de metade dos jovens entre os 12 e os 15 anos conseguiu comprar bebidas alcoólicas. Nos últimos seis anos, a ASAE já instaurou 101 processos por venda de álcool a menores, enquanto foram instituídos 61 processos por consumo em locais públicos.
Fonte: aqui

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Uma realidade trágico-cómica!

Teolinda Gersão
Tempo de exames no secundário, os meus netos pedem-me ajuda para estudar português. Divertimo-nos imenso, confesso. E eu acabei por escrever a redacção que eles gostariam de escrever. As palavras são minhas, mas as ideias são todas deles.
Aqui ficam, e espero que vocês também se divirtam. E depois de rirmos espero que nós, adultos, façamos alguma coisa para libertar as crianças disto.


Redacção Declaração de Amor à Língua Portuguesa
Vou chumbar a Língua Portuguesa, quase toda a turma vai chumbar, mas a gente está tão farta que já nem se importa. As aulas de português são um massacre. A professora? Coitada, até é simpática, o que a mandam ensinar é que não se aguenta. Por exemplo, isto: No ano passado, quando se dizia “ele está em casa”, ”em casa” era o complemento circunstancial de lugar. Agora é o predicativo do sujeito.”O Quim está na retrete” : “na retrete” é o predicativo do sujeito, tal e qual como se disséssemos “ela é bonita”. Bonita é uma característica dela, mas “na retrete” é característica dele? Meu Deus, a setôra também acha que não, mas passou a predicativo do sujeito, e agora o Quim que se dane, com a retrete colada ao rabo.
No ano passado havia complementos circunstanciais de tempo, modo, lugar etc., conforme se precisava. Mas agora desapareceram e só há o desgraçado de um “complemento oblíquo”. Julgávamos que era o simplex a funcionar: Pronto, é tudo “complemento oblíquo”, já está. Simples, não é? Mas qual, não há simplex nenhum,o que há é um complicómetro a complicar tudo de uma ponta a outra: há por exemplo verbos transitivos directos e indirectos, ou directos e indirectos ao mesmo tempo, há verbos de estado e verbos de evento, e os verbos de evento podem ser instantâneos ou prolongados, almoçar por exemplo é um verbo de evento prolongado (um bom almoço deve ter aperitivos, vários pratos e muitas sobremesas). E há verbos epistémicos, perceptivos, psicológicos e outros, há o tema e o rema, e deve haver coerência e relevância do tema com o rema; há o determinante e o modificador, o determinante possessivo pode ocorrer no modificador apositivo e as locuções coordenativas podem ocorrer em locuções contínuas correlativas. Estão a ver? E isto é só o princípio. Se eu disser: Algumas árvores secaram, ”algumas” é um quantificativo existencial, e a progressão temática de um texto pode ocorrer pela conversão do rema em tema do enunciado seguinte e assim sucessivamente.
No ano passado se disséssemos “O Zé não foi ao Porto”, era uma frase declarativa negativa. Agora a predicação apresenta um elemento de polaridade, e o enunciado é de polaridade negativa.
No ano passado, se disséssemos “A rapariga entrou em casa. Abriu a janela”, o sujeito de “abriu a janela” era ela, subentendido. Agora o sujeito é nulo. Porquê, se sabemos que continua a ser ela? Que aconteceu à pobre da rapariga? Evaporou-se no espaço?
A professora também anda aflita. Pelo vistos no ano passado ensinou coisas erradas, mas não foi culpa dela se agora mudaram tudo, embora a autora da gramática deste ano seja a mesma que fez a gramática do ano passado. Mas quem faz as gramáticas pode dizer ou desdizer o que quiser, quem chumba nos exames somos nós. É uma chatice. Ainda só estou no sétimo ano, sou bom aluno em tudo excepto em português, que odeio, vou ser cientista e astronauta, e tenho de gramar até ao 12º estas coisas que me recuso a aprender, porque as acho demasiado parvas. Por exemplo, o que acham de adjectivalização deverbal e deadjectival, pronomes com valor anafórico, catafórico ou deítico, classes e subclasses do modificador, signo linguístico, hiperonímia, hiponímia, holonímia, meronímia, modalidade epistémica, apreciativa e deôntica, discurso e interdiscurso, texto, cotexto, intertexto, hipotexto, metatatexto, prototexto, macroestruturas e microestruturas textuais, implicação e implicaturas conversacionais? Pois vou ter de decorar um dicionário inteirinho de palavrões assim. Palavrões por palavrões, eu sei dos bons, dos que ajudam a cuspir a raiva. Mas estes palavrões só são para esquecer. Dão um trabalhão e depois não servem para nada, é sempre a mesma tralha, para não dizer outra palavra (a começar por t, com 6 letras e a acabar em “ampa”, isso mesmo, claro.)
Mas eu estou farto. Farto até de dar erros, porque me põem na frente frases cheias deles, excepto uma, para eu escolher a que está certa. Mesmo sem querer, às vezes memorizo com os olhos o que está errado, por exemplo: haviam duas flores no jardim. Ou: a gente vamos à rua. Puseram-me erros desses na frente tantas vezes que já quase me parecem certos. Deve ser por isso que os ministros também os dizem na televisão. E também já não suporto respostas de cruzinhas, parece o totoloto. Embora às vezes até se acerte ao calhas. Livros não se lê nenhum, só nos dão notícias de jornais e reportagens,ou pedaços de novelas. Estou careca de saber o que é o lead, parem de nos chatear. Nascemos curiosos e inteligentes, mas conseguem pôr-nos a detestar ler, detestar livros, detestar tudo. As redacções também são sempre sobre temas chatos, com um certo formato e um número certo de palavras. Só agora é que estou a escrever o que me apetece, porque já sei que de qualquer maneira vou ter zero.
E pronto, que se lixe, acabei a redacção - agora parece que se escreve redação.O meu pai diz que é um disparate, e que o Brasil não tem culpa nenhuma, não nos quer impôr a sua norma nem tem sentimentos de superioridade em relação a nós, só porque é grande e nós somos pequenos. A culpa é toda nossa, diz o meu pai, somos muito burros e julgamos que se escrevermos ação e redação nos tornamos logo do tamanho do Brasil, como se nos puséssemos em cima de sapatos altos. Mas, como os sapatos não são nossos nem nos servem, andamos por aí aos trambolhões, a entortar os pés e a manquejar. E é bem feita, para não sermos burros.
E agora é mesmo o fim. Vou deitar a gramática na retrete, e quando a setôra me perguntar: Ó João, onde está a tua gramática? Respondo: Está nula e subentendida na retrete, setôra, enfiei-a no predicativo do sujeito.
João Abelhudo, 8º ano, turma C (c de c…r…o, setôra, sem ofensa para si, que até é simpática).

(Enviado por email)

Gerador eólico capaz de “produzir” até 1.200 litros de água líquida por dia

É um gerador eólico capaz de “produzir” até 1.200 litros de água líquida por dia, da empresa francesa Eolewater. Trata-se de um catavento que gera energia, acionando um sistema de refrigeração. Resfriando o ar, o aparelho condensa a umidade presente na atmosfera. Assim, é possível retirar água do ar em áreas remotas, sem acesso a energia elétrica.
Um protótipo dessa máquina funciona atualmente em Abu Dabi, nos Emirados Árabes, desde outubro, e consegue retirar até 800 litros de água do ar por dia, mesmo estando numa região desértica.
Parece apenas um gerador eólico, mas trata-se de um equipamento capaz de produzir água líquida a partir da humidade do ar.  (Foto: Reprodução)Parece apenas um gerador eólico, mas trata-se de um equipamento capaz de produzir água líquida a partir da humidade do ar.
(Foto: Reprodução)

Dez coisas estúpidas que os homens fazem para impressionar mulheres

Veja aqui

quarta-feira, 13 de junho de 2012

terça-feira, 12 de junho de 2012

Polvo dita nova derrota de Portugal

O animal vidente não augura nada de bom para a participação portuguesa neste Euro2012.
Polvo dita nova derrota de Portugal
Hoje foi dia de mais uma previsão do polvo adivinho do SEA Life Porto. O Paulo, nome pelo qual é conhecido, mostrou-se algo reticente na hora de escolher entre Portugal e Dinamarca, mas acabou por mais uma vez “adivinhar” uma derrota lusa.
Após uma previsão acertada relativamente ao jogo anterior, em que a Alemanha saiu vitoriosa, é de temer esta nova premonição.
À semelhança do seu primo Paul, que brilhou no Mundial2010, o polvo Paulo tinha à sua disposição duas caixas com comida, devidamente representadas com as bandeiras portuguesa e dinamarquesa.
Depois de andar alguns minutos longe das caixas, o animal marinho acabou por ir comer o caranguejo do lado dinamarquês.
O jogo Portugal - Dinamarca está marcado para esta quarta-feira, a partir das 17 horas.
Fonte: aqui

O banco na Bola. E não é o dos suplentes.

Texto do jornal "A Bola". Sim, d'"A Bola" de hoje. Pode não ser verdade, mas já ninguém livra o IOR das suspeitas. Aliás, elas vêm de longe.

Talvez o Vaticano precise de um banco ou de algo parecido para que o dinheiro circule. Mas não poderia usar os serviços de qualquer outro banco? A soberania do Estado estaria em causa? Isto precisa de mudar.
Fonte: aqui

segunda-feira, 11 de junho de 2012

MEU ULTIMO ADEUS

Shaun Wilson Miler, um jovem de apenas 17 anos, tinha uma doença cardíaca crónica. Após dois transplantes de coração, os médicos disseram que ele não teria muito tempo de vida. Sabendo disso, ele gravou um vídeo emocionante para se despedir de amigos e familiares. O vídeo foi partilhado no YouTube dia 1 de Maio e Shaun acabou por falecer no dia 26 do mesmo mês.

Vale a pena lutar

A BBC deu a conhecer a sua história. E resumo-a aqui pois pode ajudar outras pessoas neste tempo de crise.
A vida de Kalpana Saroj, uma executiva bem-sucedida e premiada, tem elementos que parecem saídos de um filme de Hollywood, com a superação de obstáculos até chegar a um final feliz.
Nascida numa baixa casta da Índia, Saroj foi vítima de bullying na escola, forçada a se casar aos 12 anos, maltratada no casamento e viu-se e desejou-se para conseguir deixar o marido que não escolhera.
O retorno de Saroj à sua aldeia natal foi visto como um fracasso pelos vizinhos. Para escapar da pressão social, ela focou suas energias em tentar obter um emprego e aprender a costurar.

Isso foi um ponto de viragem na sua vida. "Decidi que ia viver a minha vida e fazer algo grandioso."
Aos 16 anos, ela mudou-se para Mumbai e foi morar na casa de um tio, para trabalhar como alfaiate. Começou recebendo um dólar por mês para operar máquinas de costura industriais. Foi recebendo seu salário aos poucos, mas, quando ela percebeu que o dinheiro seria insuficiente para pagar um tratamento de saúde para sua irmã doente, descobriu que precisava de se lançar noutras coisas.
Tomou um empréstimo do governo e abriu um empreendimento no sector de móveis. Fazendo jornadas de trabalho de 16 horas diárias – hábito que mantém até hoje –, acabou conquistando admiração no mundo empresarial.
Mais tarde foi convidada a assumir o comando de uma empresa de produção de metais, Kamani Tubes, que estava fortemente endividada. Reestruturou-a e a Kamani Tubes é hoje uma empresa multimilionária, que emprega pessoas de diferentes castas.
E a pobre menina é agora uma senhora respeitada e invejada por muitos, graças à sua capacidade de dar a volta por cima.
Fonte: aqui

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Cereais integrais


Os cereais integrais, como o trigo em grão, a aveia, o arroz integral e a cevada são importantes fontes de vitamina B e E, de fibras dietéticas, cobre, zinco e magnésio.

Um estudo recente descobriu que os cereais integrais contêm serotonina, uma substância que acalma significativamente o sistema nervoso. Além disso, os cereais integrais diminuem a sensação de cansaço, algo tão frequente na agitação do dia-a-dia. De acordo com estudos recentes, a ingestão de cereais integrais pode levar a uma redução de 16% do colesterol, isto em apenas seis semanas de consumo.

A prevenção de doenças cancerígenas é igualmente uma realidade. As fibras insolúveis presentes nos cereais passam intactas pela digestão, empurrando as substâncias encontradas no complexo processo de digestão. Tudo isto revela grande sucesso na prevenção do cancro do cólon.
Ainda assim, não é tudo! Os cereais integrais revelaram ter os seguintes benefícios:
– Regularizam a pressão sanguínea.
– Normalizam o trânsito intestinal.
– Protegem o sistema cardiovascular, em particular as artérias coronárias.
– Aumentam o tempo de mastigação e salivação.
Fonte: aqui

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Jovens assaltantes mortos em despiste

Dois jovens com idades entre os 12 e os 15 anos morreram esta madrugada após um despiste na rua de S. Félix, S. Félix da Marinha, Vila Nova de Gaia.

Do acidente resultaram ainda ferimentos muito graves em três outros jovens também das mesmas idades.
O carro em que seguiam tinha sido furtado cerca das 23h30 de ontem. O acidente ocorreu cerca das 03h55 junto à igreja de S. Félix da Marinha, numa estrada de paralelo.
As duas vítimas mortais foram o condutor e o ocupante que tal como os outros três passageiros não tinham identificação. No local estiveram a GNR, bombeiros voluntários da Aguda e Espinho, sapadores de Gaia e três Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER).
Fonte: aqui

Ao ler a notícia na fonte, reparei na quantidade imensa de comentáros feitos por leitores da mesma notícia. Muitos chamaram a minha atenção.
- Houve que se regozijasse com a morte dos jovens. Sei que o clima de insegurança e de impunidade exacerba paixões. Mas discordo em absoluto destes regozijos. Como pode alguém alegrar-se com a morte de outrem?!
- Há quem visse no desastre e nas mortes um "castigo divino". Por favor! Deus não quer a morte do pecador, mas que ele se converta e viva, porque "não é um Deus de mortos, mas devivos, porque para Ele todos vivem."
- Há quem tenha condenado a polícia pela perseguição dos transgressores. Só faltava mais esta! Há gente a roubar e a polícia fica a ver o roubo!... Há que ter decência. Sabemos - e não sei se é o caso - que certa esquerda tem um preconceito visceral contra os agentes de autoridade.
- Há quem condene os pais. Àquela hora da madrugada, miúdos com estas idades na rua!!!??? Sim, estes pais são, na minha opinião, os maiores responsáveis.  Como acontece noutros países, há que não ter medo de tomar posições. Os políticos assumam o seu dever. São precisas leis que penalizem fortemente pais que não sabem ou não querem educar.

Claro que existem famílias desestruturadas, com fraca ou nula capacidade educativa. Há miúdos entregues a avós, parentes ou vizinhos que muitas vezes "não têm mão" neles. Mas então para que serve CPCJ?

Um clima de facilitismo estende passadeiras para o crime. Há que educar para os valores. Há que restaurar a palavra "não" entre educadores e educandos. Há que educar para a exigência e para a ética. E seja-me permitido afirmar: há que regressar a Deus.

Por fim, a minha solidariedade para quem está a sofrer pela morte ou pela grave situação clínica dos acidentados. Condenem-se as posturas incorrectas, mas apõem-se as pessoas em sofrimento.

terça-feira, 5 de junho de 2012

«A seleção parece um circo»

O treinador português é muito crítico em relação ao mediatismo gerado em torno da equipa nacional.
«A seleção parece um circo»
Manuel José apelidou de «circo» e «big brother» o ambiente criado em torno da seleção nacional e diz que o fenómeno é da responsabilidade de Paulo Bento.
«Isto parece um circo à volta da seleção. Fiquei com a ideia no jogo com a Turquia que estavam a transmitr imagens de jogadores a serem massajados. Isto não pode acontecer de forma nenhuma. Parece o 'Big Brother'. Não acho que estejam criadas as condições para obter sucesso», começou por dizer o técnico português em entrevista à TSF.
«Além disso, fizeram dois jogos que lhes retiraram toda a confiança que tinham. Repare-se que o Cristiano Ronaldo foi condicionado marcar o penálti e falhou. A Seleção precisa de tranquilidade, de estar alheada deste circo. Naturalmente, os jogos são a sequência própria e lógica deste mediatismo todo.»
O treinador diz que não acredita que a seleção seja bem sucedida na Polónia e na Ucrânia.

«Portugal vai jogar num grupo extremamente difícil. O Beto disse ontem que precisavam de uma vitória com urgência, mas nada fizeram para concentrar os jogadores de forma a preparar um jogo crucial [frente à Alemanha]. Na maior parte das vezes, o primeiro jogo determina o futuro. Este circo todo não revela profissionalismo. A Seleção passa a vida em festas e mais festas e charretes. Não estou nem pouco mais ou menos otimista», acrescentou Manuel José, que encontra um responsável para este ambiente.
«Tenho o maior respeito e simpatia pelo Paulo Bento, mas acho que, talvez devido à juventude, se está a deixar levar. Nunca deveria ter permitido isto. Os jogadores têm de estar conscientes e concentrados no seu dever e no que sabem fazer, que é jogar futebol. Com este circo todo é evidente que eles não se concentram, mas mesmo sem isto, Portugal não é favorito. Não temos a equipa do passado», terminou.
Fonte: aqui

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Massacre de Tiananmen

Centenas de detenções na China no 23º aniversário de massacre

Veja aqui

Pagar impostos

Quando julgamos que já nada nos consegue surpreender, eis que surge algo capaz de nos deixar de cabelos em pé.

Desta vez, foi o último relatório do Tribunal de Contas sobre as concessões rodoviárias. Já sabíamos que as parcerias público-privadas eram um encargo brutal para o país e que as Scut tinham sido uma perigosa invenção para o erário público. Agora, ficámos a saber, preto no branco, o que não lembra ao careca – que o governo anterior enganou o Tribunal de Contas e lhe ocultou contratos para tentar esconder que andou a fazer renegociações que oneravam ainda mais o dinheiro dos contribuintes. E tudo isto, ao que parece, em 2010, ou seja, quando já estávamos no coração da crise. Muito edificante!
Em tudo isto, o que mais impressiona já não é a gravidade institucional de um governo que esconde contratos a um Tribunal que legalmente sobre eles deve pronunciar-se. Nem sequer o facto de um governo tomar decisões na base do truque e do chico-espertismo em vez de agir com clareza e transparência. Chocante mesmo é a leviandade com que se tomam decisões que geram mais despesa pública, acarretando a seguir mais impostos para a suportar. Essa é que é a questão: é suposto um governante defender o interesse público e não maltratá-lo, é suposto um político servir o cidadão e não agredi--lo com decisões irresponsáveis. É suposto!
É por estas e outras decisões que os portugueses passaram este ano 155 dias (ou seja, até ontem) a trabalhar não para si mas para pagarem impostos ao Estado. É quase meio ano a trabalhar para alimentar a máquina do Estado, a clientela do Estado, as mordomias do Estado, as decisões irresponsáveis do Estado. Só que quem cria riqueza não é o Estado, são as pessoas e as empresas. E se a estas faltam recursos para investir, a consequência é a recessão e o desemprego. É justamente isto que deve ser lembrado aos ex-governantes que, agora na oposição, choram lágrimas de crocodilo a reclamar crescimento e emprego. Não seria melhor terem um pouco mais de pudor e vergonha, eles que andaram, para além do admissível, a contrair mais despesa, mais dívida e, logo, mais impostos para pagar? Afinal, falar é fácil. Difícil mesmo é ter autoridade para falar.
Luis Marques Mendes, aqui

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Arcebispo de Braga quase se engasgou com reforma de Jardim Gonçalves

Veja aqui

Dia Mundial da Criança

EDUCAI AS CRIANÇAS E NÃO SERÁ NECESSÁRIO PUNIR OS HOMENS - Pitágoras

A educação é a base do princípio de uma vida. Sem ela seria impossível viver em uma sociedade, onde todos precisam se comunicar uns com o outros. A educação começa desde criança. Uma criança bem educada automaticamente será um adulto educado, responsável, ao contrário da criança mal educada.
Educar não é espancar, nem impor uma ditadura, mas é impôr limites, corrigir quando necessário. É mostrar o caminho certo a seguir. Tudo ou quase tudo o que o ser humano aprende quando criança, provavelmente fará quando se tornar um adulto. Nossos filhos serão amanhã aquilo que nós ensinarmos hoje.
Por que será que existem tantos jovens na criminalidade, no tráfico , na prostituição..? Será que é por falta de escolhas? Ou por impulso de alguém? Ou será por falta de educação? Será que demos muita liberdade quando precisavam de limites? Será que os mimamos quando, precisavam ser corrigidos? Séra que os ignoramos quando na verdade o que queriam era um pouco de atenção?
Talvéz essas sejam as perguntas que "maquinam" nossas cabeças.
Tudo o que plantarmos hoje, certamente colheremos amanhã. Se o ser humano não for educado quando criança, certamente será punido mais tarde por suas atitudes.
Fonte: aqui